Estímulos para o bebê: Onde estimular e encontrar esta aula de interação mãe e bebê

 

Em 2016 apresentei minha proposta de atividade para bebês em solo na Academia Bodytech da unidade Eldorado para a coordenação e foi aceita. Finalmente, recebi a oportunidade de realizar meu sonho de ter uma aula que pudesse auxiliar famílias a estimularem adequadamente e de forma sadia seus filhos. A ideia inicial era só que participassem mães com seus filhos, pois o resultado seria mais efetivo. Afinal, nada como quem gerou para dar estímulos e afetos necessários para um bom desenvolvimento emocional dos pequenos, e , ao mesmo tempo, desenvolver uma conexão única para o resto da vida. Porém, no mundo corporativo hoje, existem outras realidades familiares e muitas vezes a mãe não consegue participar ou reveza com familiares e/ou cuidadoras.  Essa nova realidade não é ruim, porque muito mais pessoas obtêm informação sobre a importância de ter estímulos eficazes na primeira infância.  

 

De início, houveram muitos obstáculos sobre o real valor da aula até a aderência das famílias, como: perguntas para que serve? Por que é importante? A natação para bebê já desenvolve e estimula meu bebê, por que outra aula? Ah! não tenho tempo. Foram longas conversas até começar a fluir o trabalho, e ver as crianças saindo da natação,  correndo corredor afora para brincar em sala com suas mães. Isso é impagável. Que energia boa! Para informar a todos, a natação para bebê em conjunto com atividades de solo, ajudam a criança a desenvolver mais rápido muitas habilidades em ambos os meios.

 

O que a maioria desconhece, é que existem muitas competências que a criança precisa desenvolver na primeira infância, e, as que considero fundamentais até os três primeiros anos de vida, são: 1) estruturação e regulação da postura, 2) a criança capta muito mais do mundo exterior através das sensações, uma grande quantidade de informação que chega mais rápido ao cérebro dos pequenos. E por este motivo, são capazes de aprender e assimilar muito mais rápido qualquer conteúdo que aprendem, 3)  aumenta o repertório do vocabulário para desenvolver a fala, 4) estrutura a coordenação e equilíbrio de movimentos, 5) desenvolve a atenção no que está fazendo , 6) desperta a criança a conviver com resolução de problemas, dividir objetos e conflitos do grupo e orientação para a criança se expressar emocionalmente. A criança passa a organizar e a elaborar melhor suas ações.

 

Por que resolvi montar esse projeto tão específico para clientes específicos?

 

Por ter que deixar seus filhos com meses de vida na escola, para a volta ao trabalho após vencimento de sua licença maternidade. Como profissional, me vi auxiliando as crianças a ter apoio emocional para lidar com a ausência de sua mãe durante aquele período e ajuda de meus colegas nos dias em que não estava na escola. O que poderia ser impossível me mostrou a grande capacidade das crianças se adaptarem a situações, assim , elas desenvolviam afetos profundos e respeito aos seus cuidadores da escola. E muitas vezes em condições sociais via comportamentos opostos com suas mães. O que me deixava em profunda reflexão. Então, porque não criar uma aula com fundamento pedagógico que as conectasse com a criança e a nova fase de vida.A resposta é a CULPA que muitas mulheres 

 

Logo, a aula mãe x bebê não se resume apenas na criança, mas na mãe saber lidar com seu próprio filho, suas conquistas, seus despertares, suas dificuldades, a sua própria dificuldade como mãe/mulher e a personalidade da criança que começa a ser desenvolvida. Por isso, nesta aula o brincar não é livre, a conexão tem que ser 100% mediatizada e voltada para o cumprimento das tarefas através do comando verbal da professora e executada pela mãe que estimula o seu filho. O lema aqui é que todos se divirtam. Dessa forma, a mãe aprende a estabelecer vínculos com o bebê e aprende a estruturar uma linguagem funcional com seu filho .

 


As atividades são lúdicas e sócio-afetiva, e visa a interação harmoniosa entre o grupo a ter uma interação saudável com os pequenos. Cada criança tem sua metodologia que é orientada pela professora, e, desde a forma da mãe se comunicar com o bebê até a execução de como pegar e levar a criança realizar as tarefas., desde que a mãe esteja abertas a aprender uma linguagem, que muitas vezes pode ser diferente ao que foi criada dentro de sua própria história. E acredite, bebês muito pequenos aprendem desde de cedo a seguir regras e a controlar suas  ações e seu corpo, se for estimulado e ensinado com muita repetição e paciência. E isso é o mais difícil , pois a entrega da mãe tem que ser total. É preciso sentir prazer em estar ali, em brincar e voltar a ser um pouco criança para dar exemplo a seu filho.

 

A criança se adapta a rotina e a comandos quando a mãe passa segurança e confiança ao ambiente, no trabalho da profissional e passa a relaxar durante as atividades. O projeto se inicia aos 6 meses de idade e termina com 1 ano e 11 meses. 

 

Dividimos a aula de 30 minutos em 3 momentos:

1) Expressão e interação com o ambiente e o outro.

2) brincadeiras com cumprimento de tarefas 

3) Relaxamento

 

Resultado do trabalho: 

 

  • Crianças entrando em escola mais seguras e preparadas

  • Crianças com bom desenvolvimento motor e cognitivo.

  • Mães com olhar mais apurado na escolha da escola e com a parte pedagógica que elas oferecem.

  • Adaptação escolar tranquila para ambas mãe e bebê.

  • Retorno positivo para as mães em relação a estímulos recebidos (Verbalização e compreensão das atividades na escola).

 

Todos demonstraram bom desenvolvimento escolar até o momento o que me deixou muito feliz. 

 

Famílias bem orientadas terão crianças felizes no mundo e com menos dificuldades de aprendizagem.

 

Venha agendar sua aula teste!

Academia Bodytech unidade do Shopping Eldorado

Terças e Quintas: 10:30 e 14:50

 

Abaixo seguem algumas fotos de algumas das turminhas que passaram pelo programa. 

 

Obs: As imagens foram autorizadas pelos pais apenas para divulgar e ilustrar meu trabalho. Logo, ninguém mais poderá copiar e passar adiante.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Recentes
Redes Sociais.
Please reload

Procure por Assuntos:
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook Black Round

© 2015 Corpo em Atividade

Evelyn de Paula Pereira
Profa. de Educação Física e Psicomotricista
CREF.: 003174-G/SP

 

Criação e Desenvolvimento

Rogério Restivo Webdesigner

www.restivo.com.br

rogerio@restivo.com.br