top of page

Por que é tão importante estimular o bebê nos primeiros meses

Por Evelyn de Paula Pereira



@evelyn.corpoematividade ( bebê de bruços é importante para fortalecer toda cadeia muscular posterior)
Bebê sendo incentivada a mover tronco

Por que é tão importante estimular o bebê nos primeiros meses?


Os primeiros meses são fundamentais para fortalecer o vinculo afetivo com os pais, além de estimular o desenvolvimento motor e cognitivo.


Quanto mais o bebê for estimulado corretamente, melhor será o seu desenvolvimento e controle postural. Nos primeiros anos de vida tudo o que a criança aprende é por conta dos estímulos recebidos, o que ajuda a criança a desenvolver confiança, autonomia, auto estima e segurança.


Não devemos esquecer que, do zero aos 3 anos ocorrem mais sinapses no cérebro da criança, ou seja, onde a aprendizagem ocorre de forma mais intensa. Há alguns anos o conceito de Educação Infantil e estímulos no bebê vem mudando de parâmetro. Atualmente, é constatado pela ciência sobre a importância em estimular o bebê precocemente, pois favorece aquisições de marcos importantes no desenvolvimento, coisa que no passado não era levado muito em conta. Quanto mais o bebê se apropria de seu corpo e suas funções mais harmônico será a forma como irá lidar com as situações do cotidiano, bem como suas relações com pessoas e o meio. E todo esse processo de corpo vivido influenciará no processo de aprendizagem, e consequentemente, na alfabetização.


Outro ponto importante que os pais sempre me perguntam é , quantas vezes o bebê deve ser estimulado ou se não vai machucar ou cansar muito o bebê.


Vamos ao exemplo prático você adulto vai a academia fazer uma hora de musculação, provavelmente se fizer uma atividade bem feita vai cansar, mas aumentará sua qualidade de vida, habilidades e saúde. Logo, o bebê também vai cansar , mas a diferença é que o próprio bebê quando mito pequeno dita o ritmo da aula. Todos nós precisamos de rotina estruturada entre rotina matinal, trabalho, estudo, movimento, relaxamento, sono, alimentação, higiene e relacionamento. O bebê não é diferente, porém , ele é totalmente dependente de referenciais dos pais , cuidadores ou professores.


No caso de rotina, para os bebês e crianças, temos que ter mente duas variantes:


  • Rotinas imutáveis devem ser fixas: sono, alimentação e higiene devem ser feitas sempre no mesmo horário;

  • Rotinas mutáveis podem ser variadas : ocorre de acordo com o ritmo do dia do bebês. Ex: estímulo musical, leitura, brincar no jardim, banho de sol, estimulo motor e cognitivo.

Toda a rotina de estímulo não deve conter duas sessões diárias de no tempo de 40 min a 1 hora , a própria criança determinará o ritmo.


Lembre-se: o contato visual, atenção e comunicação são fundamentais para que o bebê aprenda com base no afeto e acolhimento. Incentive-o sempre!


Portanto, não esqueça que o nível do desenvolvimento do bebê é moldado pela qualidade das interações das pessoas que convivem com a criança.




Kommentare


Posts Recentes
Redes Sociais.
Procure por Assuntos:
bottom of page